O que todo mundo deveria saber sobre JavaScript

Neste artigo vamos fazer uma discussão introdutória ao JavaScript. Você conhece mesmo essa linguagem? Qual a diferença para o HTML ou CSS, por exemplo? Não são todas linguagens de front-end? Esse é o primeiro de uma série de artigos sobre JavaScript. Comece aqui sua leitura e acompanhe os próximos textos. 

Vamos começar destacando as capacidades do JS e suas diferenças em relação ao HTML e CSS. Como linguagem de front-end, o Javascript  permite ao desenvolvedor implementar funcionalidades complexas em páginas web. Sempre você observar em uma página mapas interativos, gráficos 2D ou 3D animados e atualizações temporizadas, pode apostar que o Javascript está por trás disso tudo. Ele compõe a terceira camada do desenvolvimento de tecnologias web, sendo as outras duas o HTML e o CSS.

HTML, CSS ou Javascript?

E aqui nós vamos destacar as diferenças entre essas três linguagens. O HTML é uma linguagem de marcação (Markup Language) que é usada para estruturar o conteúdo de uma página web. Explicando melhor, é com HTML que o programador define o que é parágrafo, quais são os headers, o que é texto de conteúdo, tabelas, imagens e etc.

CSS, por sua vez, é a linguagem usada para aplicar um estilo ao conteúdo HTML. Por exemplo, organizar o conteúdo em colunas, aplicar cores de fundo e setar as fontes de texto utilizadas. Já o JS é uma linguagem de script que permite criar conteúdos dinâmicos. Você pode controlar mídias, imagens animadas e praticamente todo conteúdo dinâmico de um site.

Ok, ok! Talvez nem tudo, mas a quantidade de coisas que dá para fazer já é surpreendente. Essas três camadas são construídas uma sobre as outras, conforme a imagem abaixo:

Camadas JavascriptEm resumo, HTML, CSS e JS são coisas diferentes, mas complementares. HTML define a estrutura estática da página, o CSS aplica as definições de estilo, e por fim, o Javascript introduz todo o conteúdo e tarefas dinâmicas.

JavaScript x Java

Outra distinção importante e que de início confunde quem está começando no mundo da programação é entre JavaScript e a famosa linguagem Java. As duas são linguagens de programação diferentes, ambas criadas em 1995. O Java é uma linguagem orientada a objetos, é confiável e versátil, usada para desenvolver aplicativos, softwares empresariais e vários outros.

JavaScript, por sua vez, é uma linguagem baseada em texto desenvolvida especificamente para rodar como parte de uma aplicação web. De início, era para ser um complemento ao Java, mas acabou tomando rumo próprio e se tornou um dos pilares do desenvolvimento web.

Quando ouvir falar sobre Java, lembre de aplicativos para Android e softwares desenvolvidos para empresas. Quando ouvir falar sobre JavaScript, lembre-se de aplicações e páginas web. Portanto, não confunda uma com a outra, ok?

O que o javaScript pode fazer?

Vamos entender então o que você pode fazer exatamente com Javascript. Alguns das principais features que a linguagem possui são:

  • Armazenar valores em variáveis;
  • Fazer operações com strings (concatenar, fazer buscas, etc);
  • Rodar códigos como resposta a eventos específicos que aconteçam na página. Por exemplo, ao clicar em um botão pode-se executar o código para atualizar uma tabela ou um label.

Esses são alguns exemplos básicos. No decorrer da série de artigos vamos explorar muito mais. A principal feature e utilidade do Javascript, no entanto, está relacionado à possibilidade de usar APIs ( Application Programming Interfaces). Com elas você pode adicionar à página recursos extras e serviços de outros sites ou softwares.

APIs são sets de código prontos que permitem que desenvolvedores adicionar recursos aos seus programas e páginas. Desta forma não precisam escrever a aplicação toda do zero. Um serviço de correios por exemplo pode disponibilizar uma API para que outros sites usem o serviço de rastreamento diretamente do próprio site. Ou seja, disponibiliza um bloco de código que implementa essa função e que basta ser integrado ao site que deseja utilizar esse recurso. O Javascript cumpre um papel fundamental na integração das APIs com uma página web.

Devido a sua importância para o desenvolvimento web, o JavaScript é uma linguagem muito demandada pelo mercado. Nos próximos artigos vamos entrar em mais detalhes sobre a linguagem e seu uso.

Acompanhe conosco e deixe suas dúvidas nos comentários!

Comentários

  1. […] Você sabia que o JavaScript é baseado também nas linguagens Scheme e Self? Não foi apenas o Java que ensejou a sua criação. Tudo começou em 1995, mesmo ano de lançamento do Java. Aliás, as duas surgiram para serem complementares, mas o JavaScript acabou tomando rumo próprio. Com o passar do tempo ela se tornou uma linguagem fundamental do desenvolvimento web. […]