O que é Bootstrap mesmo ?

Nos primeiros artigos da série introduzimos os principais conceitos de Bootstrap e falamos um pouco sobre sua história.

Relembrando, o Bootstrap nada mais é do que um framework, baseado em CSS, Javascript e HTML, que tem como objetivo agilizar e simplificar o processo de desenvolvimento, principalmente em trabalhos front-end.

Vamos hoje aprofundar um pouco mais no assunto, vamos aprender a diferenciar CSS, Javascript e HTML e também esclarecer o papel crucial do CSS na ferramenta Bootstrap.

Definindo: CSS puro, Html e Javascript

Apesar de vermos estes conceitos comumente citados quando falamos de Bootstrap, é importante compreender as suas diferenças e a importância que cada um tem no desenvolvimento de software.

O HTML na verdade não é exatamente uma linguagem de programação propriamente dita, no que se refere a ter uma produção ou processamento lógico, não são usados loops, funções ou condições. Trata-se de uma linguagem de marcação cujo objetivo é fornecer uma estrutura estática.

O que significa que é uma linguagem mais voltada para modelagem de layouts e conceitos gráficos, dizendo para o browser o que fazer e qual tarefa interromper.

Como o html é uma linguagem mais gráfica e visual, algumas vezes é necessária a organização de um texto ou frase com algumas propriedades específicas, por exemplo, centralizado, uma fonte estilizada, tamanho da fonte, etc.


Neste caso o CSS começa a entrar em cena para dar mais estilo à página.

 

Entretanto na verdade o foco do CSS não é de dar mais estilo à página, mas de facilitar tal característica. Imagine que temos 3 frases e gostaríamos de centralizar e colocar o mesmo tipo de fonte, mas com tamanhos diferentes. É fácil perceber que temos 2 propriedades em comum sendo exigidas, ou seja, a fonte igual e centralização.

O CSS pode facilitar em uma forma de cascata, fazer com que estes textos herdem as características em comum, sem que ela seja implementada em cada linha de código, o que torna o design do programa mais eficaz e simples.

 

O CSS permite a construção de programas análogos às bibliotecas na linguagem C, ou seja, contém características que podem ser chamadas por outros programas de forma semelhante.

Bootstrap principal framework CSS de design para web

Exatamente por essa cara de biblioteca foi criado o Bootstrap, que é exatamente uma coletânea de implementações em CSS, onde existem diversos exemplos de bases já prontas que podem ser a base de outros programas em Javascript ou Python, por exemplo.

 

Com esta facilidade oferecido pelo Bootstrap, é possível incluir um arquivo CSS em comum e eliminar a necessidade de modificar uma propriedade em cada página web individualmente.

 

Além disto, o CSS possibilita a flexibilidade de adaptação de uma página web em questão de conformidade de tela independente do dispositivo de exibição (celular, pc ou tablet), ou seja, o renderizador se adapta a tela do dispositivo utilizado de forma a manter o conteúdo exibido em sua totalidade sem cortar as partes.

Concluindo

O Bootstrap facilita a implementação, e pode incluir funções diversas no sistema ou sites, como formulários bem estilizados, alertas para o usuário, e diversas disposições de cores e estilos de texto.

 

Gostou de conhecer um pouco mais do Bootstrap?

 

Então não deixe de conferir o próximo texto, onde iremos abordar a evolução da ferramenta e quais novidades foram surgindo para seu aprimoramento. Além disso, acesse a página oficial do projeto Bootstrap e começa a explorar desde já!

E aí? Curtiu o artigo? Então deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.