Javascript e Java tem alguma relação?

Este artigo é uma breve discussão histórica sobre o JavaScript. A linguagem é muito requisitada pelo mercado e possui uma background histórico rico e interessante. Bons programadores não são apenas bons conhecedores das linguagens, mas também conhecem de onde elas vieram e como se tornaram o que são hoje.

De onde veio e o que é o JavaScript?

Você sabia que o JavaScript é baseado também nas linguagens Scheme e Self? Não foi apenas o Java que ensejou a sua criação. Tudo começou em 1995, mesmo ano de lançamento do Java. Aliás, as duas surgiram para serem complementares, mas o JavaScript acabou tomando rumo próprio. Com o passar do tempo ela se tornou uma linguagem fundamental do desenvolvimento web.

Brendan Eich, durante seu trabalho na Netscape, foi o principal arquiteto da nova linguagem em 1995. Àquela época, o browser Netscape era o melhor e tinha praticamente o domínio do mercado.

O JavaScript se insere nesse contexto, principalmente a partir da entrada da Microsoft no mercado web com o Internet Explorer, também em 1995. Foi com a entrada da Microsoft na competição pelo mercado web que a Netscape começou os trabalhos de padronização de sua linguagem para web. Ela buscou uma aliança com a Sun, que desde 1990 trabalhava no desenvolvimento do Java.

A união das duas empresas representou também a ideia de parceria entre as linguagens Java e JavaScript. Algo semelhante ao que acontece com o C++ e o Visual Basic. Os nomes próximos, ambos com a palavra “Java”, se explicam por essa relação inicial de complementaridade.

10 dias para o primeiro protótipo do JS

Quando Brendan Eich foi contratado pela Netscape Communications, o objetivo era implementar a linguagem Scheme no Netscape Navigator. A parceria com a Sun já estava em andamento quando Brendan foi contratado. A decisão de desenvolver uma linguagem de script para complementar o Java veio dessa aliança então em curso para competir com a Microsoft.

Consta que um protótipo do JavaScript foi feito em 10 dias por Brendan Eich, em maio de 1995. O nome inicial da linguagem era Mocha, mas quando das primeiras releases Beta do Netscape Navigator 2.0 saíram, era chamada de LiveScript. Na versão Beta 3 do navegador o nome foi novamente alterado, dessa vez para JavaScript, no que acredita-se ter sido uma jogada de marketing. O objetivo era dar ao JavaScript o papel de ser a nova linguagem de desenvolvimento web e associar seu nome ao próprio Java.

Em resumo, para você ficar “fera” na história e contexto do JavaScript:

  • Surgiu de uma parceria entre a Netscape Communications e a Sun para fazer frente à Microsoft no mercado para Web;
  • Foi chamada de Mocha e LiveScript antes de receber a denominação final de JavaScript;
  • Foi criada em 1995 por Brendan Eich, quando trabalhava para a Netscape Communications;
  • O nome JavaScript diz respeito ao fato de ser uma linguagem complementar ao Java, ainda que o desenvolvimento das duas tenha seguido trajetórias independentes, e também a uma estratégia de Marketing da Netscape Communications.

Conclusão

A história do JavaScript é bastante rica e cheia de detalhes interessantes. Com o decorrer do tempo, a linguagem deixou de ser apenas uma “companhia” para o Java, e passou a ser uma demanda comum em ofertas de emprego e qualquer empresa que trabalhe com desenvolvimento Web.

Várias empresas tentaram tirar o JS da jogada, incluindo a própria Microsoft, Adobe e o Google, e ainda assim a linguagem continua firme e cada vez mais sendo requerida pelo mercado. Hoje em dia, o JavaScript é a linguagem de fato da programação Web. O fato de ser uma linguagem aberta, padronizada e bem construída são algumas das razões desse sucesso´.

E se você quiser aprender mais sobre JavaScript, entre no nosso portal e procure o curso JavaScript Essencial, acesse agora http://portalrmfactory.com.br

Comentários