Rodrigo Mourão

LiveBinding, repense a forma de conectar a dados

LiveBinding, repense a forma de conectar a dados

Desde o Delphi XE2 o LiveBinding é a mais nova opção para realizar ligação de dados, em tradução livre, entre nossos controles visuais com nossas fontes de dados . Na prática, LiveBinding é a mais nova framework, não de acesso a dados como muitos dizem por aí, mas sim de exibição de dados. Seria um substituto muito, mas muito mais elegante, eficiente e flexível do que os TFiledDataLink dos componentes Dataware. Para quem não sabe os componentes Dataware como DBEdit, DBCombo e seus “parentes” só Continue lendo

Como melhorar a performance de seus aplicativos

Como melhorar a performance de seus aplicativos

Em todos os eventos que faço sempre bato na mesma tecla: Como melhorar a performance de seus aplicativos. Todas as semanas eu recebo em meu e-mail dúvidas de desenvolvedores com problemas de performance nos seus aplicativos mobile. Eu, como já conheço a forma como a grande parte dos desenvolvedores pensam, sempre sugiro não conectar direto à base de dados, usar um serviço baseado em REST para consumir os dados e trafegar as informações no formato JSON. Eu fico surpreso com a resposta, que quase sempre é: Continue lendo

Delphi Berlim, mas já?

Delphi Berlim, mas já?

Sim, como não poderia ser diferente e tradicionalmente no mês de Abril, foi lançada a mais nova versão do Delphi, o Delphi Berlim, ou melhor, Delphi 10.1 Berlim (saiba mais sobre a nova forma de nomear as versões do Delphi neste post). Muitos vão dizer: “Mas já? O Delphi Seattle mal esfriou e já me sai uma nova versão?” Sim meus caros, já saiu uma nova versão. Eu tenho andado muito com o Bruto do Delphi e como ele costuma dizer: “Vamos parar de viadagem, Continue lendo

Extreme Delphi, Fortaleza não será mais a mesma

Extreme Delphi, Fortaleza não será mais a mesma

Salve, salve galera. Nos dias 19 e 20 de março o Extreme Delphi invadiu Fortaleza, a Fortes Tecnologia em Sistemas abriu as portas para receber o evento mais extremo sobre desenvolvimento Delphi que já existiu. Estivemos no evento esse que vos “fala”, Alan Glei, José Araújo da Fortes, Jucélio Moura e Vic Fernandes além de claro uma galera muito, mas muito animada que viveu junto com a gente os dois dias mais extremo de suas vidas de desenvolvedores. Veja o que o Igor Limeira, um Continue lendo

Extreme Delphi São Paulo, Sucesso Total!

Extreme Delphi São Paulo, Sucesso Total!

Neste último final de semana ocorreu o Extreme Delphi São Paulo e de acordo com o feedback do público presente o evento foi um sucesso. Também pudera, o time de feras presente no evento deu um show demonstrando total domínio dos assuntos abordados. Deixo aqui registrado meu muito obrigado a Adriano Santos, Alan Glei, Fernandes, Kelver Merlotti, Laercio Guerço, Luis Viola e Manoel Edésio, estão todos de parabéns. Abaixo você poderá ver alguns momentos destes feras em ação. Não posso deixar de citar a participação do Continue lendo

Firebird 3.0 mais perto do que nunca

Firebird 3.0 mais perto do que nunca

Não é de hoje que se ouve falar sobre a tão sonhada nova versão do Firebird, é bem compreensível toda essa demora que só faz aumentar as expectativas. Estamos falando de um projeto open source mantido por uma fundação sem fins lucrativo que vive essencialmente de doações. Se a cultura do brasileiro fosse diferente o cenário poderia ser diferente. É inegável que, como uma das maiores comunidade de desenvolvimento Delphi do mundo (senão a maior) e como boa parte das aplicações desktop desenvolvidas em Delphi Continue lendo

Ferramentas de Produtividade para Empreendedores

Ferramentas de Produtividade para Empreendedores

Todo empreendedor precisa ter a mão ferramentas de produtividade. Recentemente eu saí da empresa onde atuava como Gerente de TI para me dedicar a projetos pessoais. O desejo de empreender falou mais alto. Algumas pessoas mais próximas chegaram a brincar dizendo que agora eu teria vida de marajá, enganam-se! A vida de empreendedor é muito mais corrida do que a vida de um profissional celetista pois estamos sempre inovando, buscando novos desafios, experimentando. O tempo é um fator chave e ter em mãos essas ferramentas de produtividade nos ajuda Continue lendo

Delphi é a linguagem oficial nas universidades da África do Sul

Delphi é a linguagem oficial nas universidades da África do Sul

Sem dúvida alguma nós que amamos o Delphi sabemos que ele é a melhor ferramenta de desenvolvimento que existe, mas quem também reconheceu isso foi o governo Africano. Nós citamos aqui no post sobre a compra da Embarcadero pelo IDERA que Popov havia citado o acordo com a África do Sul como um sucesso e que a China estava no mesmo caminho. Esta semana, a Embacadero realizou o first Annual Education Award to South African, evento que teve como foco mostrar o sucesso do programa educacional Continue lendo

Sobrecarga (Overload) com aninhamento

Sobrecarga (Overload) com aninhamento

Enfim chegamos ao final deste curso de fundamentos da Orientação a Objetos com Delphi. Faço votos que estes 10 aulas possam ter contribuído de fato e de verdade com seu aprendizado, o curso acabou mas você não precisa parar por ai. Deixe seu comentário com sua dúvida aqui no vídeo que terei enorme prazer em lhe responder. Nesta última aula sobre orientação a objetos vamos seguir no assunto de sobrecarga de métodos mostrando na prático como este recurso pode nos facilitar no dia a dia. Não Continue lendo

Sobrecarga (Overload)

Falar de programação orientada a objetos e não falar de sobrecarga de métodos é como ir a Roma e não ver o Papa, por isso nesta nona aula vamos abortar esse que é um dos assuntos que mais geram dúvidas quando nos referimos a orientação a objetos. Poder sobrecarregar nossos métodos evita obrigar aos que utilizam nossas classes a ter que realizar por exemplos conversões de tipo, isso aumenta a flexibilidade do uso dos recursos que dispomos em nossos objetos. Curta a nossa página no Continue lendo

Classes Amigas

Na aula anterior do nosso curso de orientação a objetos vimos o que são e como funcionam os escopos de visibilidade porém se tratando do Delphi é importante aprofundar o assunto e falar de um conceito pouco conhecido, as chamadas Classes Amigas. Nesta oitava aula vamos aprender sobre dois novos escopos de visibilidade: strict private e strict protected que servem justamente para restringir ainda mais o escopo de visibilidade das atributos e tratar a, digamos falha, que o scopo private apresenta quando falamos de classes Continue lendo

Escopo

Já que na última aula do curso de orientação a objetos falamos de encapsulamento precisamos entender melhor o conceito de escopo de visibilidade já que a encapsulamento só é possível graças a estes escopos. Na sétima aula do nosso curso de orientação vemos ver quais são e para que servem cada um dos escopos de visibilidade presentes no Delphi e como utilizar corretamente cada um deles em nossos projetos. Curta a nossa página no Facebook: http://fb.com/blogrodrigomourao Inscreva-se no nosso canal, dê um like no vídeo Continue lendo

Saiu o Roadmap do Rad Studio, veja o que vem por aí!

Saiu o Roadmap do Rad Studio, veja o que vem por aí!

O que podemos destacar do post do Cantú é que mais uma vez ele, assim como Atanas Popov, reforça que estão ouvindo a comunidade, clientes e parceiros e tentando anteder as principais revindicações entre elas menos versões novas no ano, update e upgrades melhores e principalmente mais qualidade no produto.

Construtores e Destrutores

Como vimos na aula 2 do nosso curso de orientação a objetos, essa forma de programar está apioada nos conceitos de classes e objetos. Para que possamos “dar vida” as nossas classes e transformá-las em objetos que podem ser manipulados na memória temos que usar um recurso importante dentro da orientação a objetos: o construtor. Nesta sexta aula veremos o que é e para que serve os construtores de objetos e como eles são implementados no Delphi, além disso também abordaremos a questão dos destrutores Continue lendo

Polimorfismo

Polimorfismo significa “muitas formas”, na prática é a capacidade que um mesmo método tem de se comportar de maneiras diferentes dependendo da classe de onde ele foi invocado. Esse é um recurso importantíssimo na orientação a objetos no que diz respeito ao reaproveitamento de códigos uma vez que com ele podemos criar rotina que se “adaptam” a situação ao qual estão inseridas. Nesta quinta aula vamos ver como o polimorfismo é implementado no Delphi. Curta a nossa página no Facebook: http://fb.com/blogrodrigomourao Inscreva-se no nosso canal, Continue lendo